terça-feira

Tua Ternura



Tua ternura

São nossas mãos unidas
Nossos corpos abraçados
É sentir nossos momentos de prazer.

Tua ternura é ter-te
Nos momentos certos,
Dessa vida errada
Nos dias de chuva, nas noites calmas.

Tua ternura
É não saber do amanhã
Acreditar no hoje
Na união do prazer.

Tua ternura
É ver a vida diferente
Encontrar os caminhos da alegria
É dormir, e encontrar você.

Tua ternura
É sonhar de olhos abertos
É amar e sentir-se amada
É viver e não morrer!

Su Angelote

7 comentários:

SAM disse...

Por acaso, cheguei ao seu belo blog. Linda poesia, encontrei a verdadeira essência da ternura em belos versos.

Parabéns, Su Angelote!

Beijos

Reflexo d'Alma disse...

Que belos versos!
Fez-me bem nessa tarde..
Bjins entre sonhos e delírios

Tatiana Moreira disse...

Que lindo!
Pura ternura tudo aqui!
Um dia de muits dádivas para vc!
Beijim

Poemeu - meus poemas disse...

Su Angelote, cheguei em seu blog por acaso. Belos versos. Eu também escrevo... se quiser visualizar meu blog vai aki o endereço: "cristinojunior-poemas.blogspot.com".

Um abrço!

Tatiana disse...

Todo artista molha seus pinceis
em sua alma e pinta a sua própria natureza!
(Henry Ward Beecher)

Desejo a você, Um Feliz Natal!
Agradeço o carinho e presença em palavras!
Que no próximo ano, novas sementes sejam plantadas e cultivadas em nosso coração.

Um beijo com meu carinho

Su Angelote disse...

CORAÇÃO

Coração dói
Lágrima escorrida
Dor de uma despedida.

Coração sofre
Magoado não entende
Teu amor doente.

Coração ferido
Arrancado sem piedade
No dia de tua partida.

Jose Ramon Santana Vazquez disse...

...traigo
sangre
de
la
tarde
herida
en
la
mano
y
una
vela
de
mi
corazón
para
invitarte
y
darte
este
alma
que
viene
para
compartir
contigo
tu
bello
blog
con
un
ramillete
de
oro
y
claveles
dentro...


desde mis
HORAS ROTAS
Y AULA DE PAZ


TE SIGO TU BLOG




CON saludos de la luna al
reflejarse en el mar de la
poesía...


AFECTUOSAMENTE:
ETERNOS POEMAS


DESEANDOOS UNAS FIESTAS ENTRAÑABLES OS DESEO FELIZ AÑO NUEVO 2010 Y ESPERO OS AGRADE EL POST POETIZADO DE LA CONQUISTA DE AMERICA CRISOL Y EL DE CREPUSCULO.

José
ramón...